Centro de Produções Técnicas

O Piauí é o quarto maior produtor de energia eólica do país, graças aos ventos do semiárido, propícios a esse tipo de energia alternativa

energia eolica producao de biodiesel Piauí, quarto maior produtor de energia eólica do país
“Nos países de grande dimensão territorial, como o Brasil, e com dificuldades para montar um programa de geração de energia elétrica, que acompanhe o seu desenvolvimento, as fontes de energia alternativa, como a energia eólica, passam a exercer um papel muito importante”, afirma Antônio Leite de Sá, professor do Curso a Distância CPT Energia Eólica – Para Geração de Eletricidade e Bombeamento de Água, em Livro+DVD e Online, da Área Energia Alternativa.

 

As duas principais fontes de energia no Brasil são a hidrelétrica e o petróleo, mas os biocombustíveis têm avançado nos últimos anos

energia nuclear producao de biodiesel Conheça as principais fontes de energia no Brasil

Com o passar dos anos e os avanços tecnológicos em torno do mundo, a humanidade passou a depender inteiramente da energia. O consumo energético tem relação direta com o desenvolvimento do país. Daí o Brasil estar entre um dos maiores consumidores junto a Estados Unidos e China. Em nosso país, as duas principais fontes de energia são a hidrelétrica e o petróleo, mas também produzimos biocombustíveis, gás natural, carvão mineral, além de energia nuclear.

 

Algumas regiões do país entenderam a importância da produção de etanol a partir do milho, pois trata-se de um excelente biocombustível

producao de etanol do milho producao de biodiesel A importância da produção de etanol a partir do milho

“O milho tornou-se uma das culturas mais importantes do país, cultivada tanto em grandes como pequenas propriedades, onde assume importante papel social de manutenção de milhares de famílias rurais”, afirmam Glauco Vieira Miranda e João Carlos Cardoso Galvão, professores do Curso a Distância CPT Produção de Milho em Pequenas Propriedades, em Livro+DVD e Online, da Área Agricultura.

 

A energia das ondas é renovável e limpa dentro dos padrões da sustentabilidade

energia das ondas producao de biodiesel Descubra como é gerada a energia das ondas

A energia das ondas é renovável e limpa dentro dos padrões da sustentabilidade. Mas como ela é gerada? Primeiramente, devemos saber como são formadas as ondas. Elas são o resultado da força dos ventos na superfície do oceano. Para transformar esse movimento em energia elétrica, é preciso que as ondas sejam contínuas. Por isso, locais onde os ventos não formam ondas continuamente não são propícios para gerar energia ondomotriz.

O comportamento regular das ondas gera uma energia cinética perfeita para a geração de eletricidade – o mesmo ocorre com os ventos que geram energia eólica. Para gerar energia, a região deve permitir que a tecnologia ondomotriz seja viável. Ou seja, o mar é condição fundamental para que a energia das ondas possa ser implantada. Além disso, o movimento das ondas deve ser contínuo e suficiente para gerar energia cinética estável.

A principal vantagem da energia das ondas é o baixo impacto ambiental, pois se trata de uma energia limpa, que não emite CO2 à atmosfera terrestre. Por outro lado, o local onde é instalado o sistema ondomotriz torna-se impróprio para pesca. Portanto, o impacto é leve, mas ainda assim ocorre no meio ambiente.

Antes de instalar os dispositivos, é preciso realizar um bom estudo ambiental para uma avaliação mais precisa. “Com a avaliação de impactos ambientais, pode-se exigir a observação de pontos que possibilitem a harmonização da relação do homem com o ambiente, disciplinando a ação humana e impondo limites à utilização dos recursos naturais, como a energia das ondas”, afirma Elias Silva, professor do Curso a Distância CPT Técnicas de Avaliação de Impactos Ambientais, em Livro+DVD e Online, da Área Meio Ambiente.

Principais sistemas ondomotrizes:

Absorvedores flutuantes

Os absorvedores flutuam na água do oceano. Tratam-se de enormes boias compostas por turbinas. Quando as ondas passam, um pistão dentro da boia é movimentado, o que ativa a turbina para geração de energia elétrica.

Atenuadores

Os atenuadores flutuam paralelamente à direção das ondas. Tratam-se de dispositivos longos e segmentados, conectados a bombas hidráulicas. Quando as ondas passam, estas são movimentadas, o que alimenta um transformador de energia elétrica.

Terminais

Os terminais são torres instaladas na costa do mar. Em cada torre, há uma turbina. Quando as ondas passam, elas movimentam a coluna de água na base da turbina subindo e descendo. Isso faz com que a turbina seja acionada e transforme o movimento cinético em energia elétrica.

Dispositivos overtopping

Os dispositivos overtopping são enormes caixas, como balsas flutuando no mar. Quando as ondas passas, elas enchem de água. Com a ajuda da gravidade, a água é empurrada, o que aciona a turbina no fundo, que transforma o movimento em eletricidade. Fonte: Portal da Energia.

Confira o artigo “Conheça o Código das Águas Brasileiro” e aprimore ainda mais o seu conhecimento.


Salvar

 
 

Pesquisar

Quer saber mais sobre os Cursos CPT?

Informe seus dados que um de nossos consultores entrará em contato com você.




Assine o Boletim Grátis

Dê sua sugestão!

Dê sua sugestão para um tema a ser publicado

Conheça o Curso CPT

Receba Grátis

Clique aqui e receba grátis a Revista Tecnologia e Treinamento

Programa de Afiliados

Programa de Afiliados. Ganhe dinheiro anunciando o CPT em seu site.