Centro de Produções Técnicas

Conheça o trator movido a biometano


O trator movido a biometano pode trabalhar por seis horas seguidas, com bom potencial energético

trator movido a biometano producao de biodiesel Conheça o trator movido a biometano

O trator movido a biometano não causa impacto negativo no meio ambiente.

Atualmente, muitas empresas de máquinas agrícolas – como tratores, colheitadeiras e plantadeiras, têm investido em equipamentos que supram a demanda sustentável no meio rural. Foi o que fez recentemente a empresa New Holland, que desenvolveu um modelo de trator movido a biometano. Ou seja, a máquina funciona com o gás produzido de excrementos animais oriundos de aviários, pocilgas e currais.

Para testar a eficiência do trator, uma granja paranaense foi escolhida. Foram 30 dias de testes desenvolvidos diretamente no campo, com resultados foram bastante satisfatórios. Segundo o produtor rural André Haacke, o trator é eficiente e confortável e, certamente, será um sucesso assim que entrar no mercado. Ao todo, são cinco protótipos a serem testados na América Latina e a Granja Haacke foi a primeira a receber um deles pelo histórico sustentável da propriedade.

Tudo começou em 2013, com a produção de biogás para aproveitamento energético. Em 2014, a propriedade começou a produzir biometano em conjunto com o CIBiogás – Centro Internacional de Energias Renováveis – Biogás. O biometano produzido na granja abastece o trator (protótipo), além de uma caminhonete e 54 veículos da Itaipu Binacional. No ano passado, foram abastecidos 934 equipamentos – cerca de 8.656 m³ de biometano.

O trator movido a biometano pode trabalhar por seis horas seguidas, com bom potencial energético. Com isso, pode ser economizado 40% de combustível quando comparado ao diesel fóssil. Além da economia, o uso do gás vindo de dejetos animais reduz em 80% a emissão de gases poluentes na atmosfera terrestre. De fato, uma forma sustentável e benéfica de produção, que não causa impacto negativo no meio ambiente.

De acordo com Rodrigo Régis, diretor presidente do CIBiogás, o Oeste paranaense tem grande potencial de produção do gás verde (biodigestores). O biometano produzido na Granja Haacke tem capacidade de abastecer mais de 200 táxis. Atualmente, o Paraná usa menos de 5% da capacidade de produção de biogás.

Fonte: Biomassa & Bioenergia.

Salvar

Salvar

Salvar

Você também vai gostar de ler:


Deixe seu Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas