Centro de Produções Técnicas

Arquivo de fevereiro, 2012


O projeto visa mensurar o patrimônio ecológico

ecologia 255x300 Brasil poderá ter PIB Verde

Os dados do PIB Verde deverão ser divulgados anualmente pelo IBGE

O Produto Interno Bruto Verde irá considerar o patrimônio ecológico nacional, além dos critérios já utilizados pelo PIB, como os dados econômicos e sociais. Os valores deverão ser divulgados anualmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O projeto de Lei 2900/11 está na Câmara Federal.

 

O Ministério de Minas e Energia vê a micro geração de energia como aposta decisiva para que a energia solar finalmente decole no país

casaeficiente 300x165 Casas poderão ter micro usinas de energia

Para que a micro geração se torne realidade é preciso que haja adesão do consumidor

O governo brasileiro vai permitir a regulamentação das micro usinas de energia elétrica para uso doméstico. O projeto foi instituído pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A micro geração de energia poderá ser feita com painéis solares e mini torres eólicas.

 

O objetivo é melhorar a produtividade e a qualidade do produto

genoma da cana Pesquisadores avançam no mapeamento do genoma da cana

A pesquisa aponta um conhecimento mais aprofundado sobre a cana-de-açúcar e o etanol

Pesquisadores da USP e da Unicamp tentam descobrir como funciona o genoma cana, visando aumentar a quantidade e melhorar a qualidade da matéria-prima que é sinônimo de energia renovável.

 

Tratamento térmico é uma alternativa para o uso de resíduos florestais e agroindustriais

eucalyptus 225x300 Resíduos podem ser usados como fonte de energia

Os resíduos tratados apresentam maior concentração energética, maior durabilidade e menor umidade que o material bruto

“Os resíduos podem ser usados para gerar energia”, afirma Juliana Rodrigues Silvério dos Santos, pesquisadora da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq). Após o tratamento, o material apresenta maior concentração energética, maior durabilidade e menor umidade que o material bruto, além de ser mais fácil de ser transportado. Para a pesquisadora, o tratamento é uma alternativa para a destinação de resíduos florestais e agroindustriais.

 

O Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) espera que em 5 anos o combustível tenha aplicação em escala industrial

etanol hidratado 300x247 O etanol de segunda geração começa a ser testado

No ano passado, as usinas produziram 12,2 bilhões de litros de etanol hidratado

O álcool produzido a partir do bagaço e da palha de cana-de-açúcar, conhecido como etanol de segunda geração, começa a ser usado experimentalmente em usinas neste ano. Os testes visam ajustes finais para que o produto tenha aplicação em escala industrial.

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas