Brasil sofre com falta de água por várias razões

Brasil sofre com falta de água por várias razões. Poluição, desmatamento, alterações climáticas, uso não racional na agropecuária, não faltam razões para que o problema seja agravante em várias regiões do país.

Brasil sofre com falta de água por várias razões O Brasil sofre com a falta de água devido a várias razões, dentre elas, o uso não racional na agropecuária


Nosso país apresenta o maior volume de água doce do mundo. Entretanto, ainda assim, o Brasil sofre com a falta de água. Poluição, desmatamento, alterações climáticas, uso não racional na agropecuária, não faltam razões para que o problema seja característico em várias regiões do país. Em algumas cidades, a situação é alarmante! Locais onde nunca houve racionamento de água, como Brasília, passaram a viver essa triste realidade. Enquanto isso, toneladas de esgoto são lançadas nos rios e oceanos sem receber tratamento adequado.

Alterações climáticas e saneamento urbano

Segundo Ricardo Novaes, especialista em recursos hídricos do WWF/Brasil, as alterações climáticas podem intensificar as secas (no período de estiagem) e as chuvas (no período das águas). Já Fabiana Alves, especialista do Greenpeace em Água, acredita que o problema não se limita ao clima, engloba outros fatores, como saneamento urbano precário. Muitas cidades são atingidas por enchentes por infraestrutura deficiente.

Em nosso país, a má administração pública (saneamento básico) permite que 60% do esgoto seja lançado nas águas sem tratamento. Como resultado, há impacto não apenas no meio ambiente, como também na saúde pública. Se houvesse maior investimento em infraestrutura, com uma eficiente rede de coleta e/ou tratamento local, isso certamente não aconteceria.

Desmatamento e uso não racional na agropecuária

A água das chuvas segue para as cabeceiras de rios e nascentes, alimentando lençóis freáticos e mananciais. Entretanto, para que o ciclo das águas funcione, a cobertura vegetal apresenta papel de extrema importância. Com o desmatamento, o solo se torna pouco permeável. Quando a chuva atinge sua superfície, leva consigo sedimentos, o que causa o assoreamento dos rios. Além disso, a retirada de vegetação torna a bacia vulnerável à seca com o consequente desaparecimento de rios.

Outro fator que gera desperdício de água é o uso não racional no setor agropecuário. De acordo com a ONG SOS Mata Atlântica, as perdas podem alcançar 70%. Além disso, poucos estados no Brasil cobram pela utilização dos recursos hídricos na agricultura, o que agrava ainda mais a situação. Independentemente de ser ou não cobrado dos agricultores, "é indispensável utilizar esse valioso recurso de forma racional", completa Novaes.

O que é preciso ser feito para evitar a falta de água?

"Tendo em vista a vital importância da água e a possibilidade de sua escassez, em um futuro bem mais próximo do que muitos imaginam, é urgente realizar projetos de preservação de nascentes, criar formas de gestão que tornem o abastecimento de água eficiente, além de desenvolver programas de conscientização quanto ao uso responsável da água", afirma Paulo Sant'Anna e Castro, professor do Curso a Distância CPT Recuperação e Conservação de Nascentes em Livro+DVD e Online.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Meio Ambiente.

Fonte: noticias.uol.com.br

Administrador 07-05-2018 Meio Ambiente

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.