Quais são os principais tipos de erosão e seus impactos no Brasil?

Entenda as causas, locais de ocorrência e impactos dos principais tipos de erosão no Brasil


Dos processos erosivos principais, destacam-se a erosão hídrica e a erosão eólica, causadas pela ação da água e do vento, respectivamente. No contexto geográfico do Brasil, a erosão hídrica é particularmente preocupante, em comparação com a eólica. Isso se deve ao clima tropical do país, caracterizado por chuvas intensas e frequentes, explica o Prof. Dr. Caetano Marciano de Souza, do Curso Técnicas Mecânicas de Conservação de Água e Solo.


Entenda um pouco mais sobre esses tipos de erosão:


a) Erosão hídrica: ocasionada pela água das chuvas que, ao formar enxurradas e enchentes, causa danos graves aos terrenos. Este tipo de erosão será o foco principal deste texto, que abordará estratégias para seu controle efetivo.


b) Erosão eólica: causada pela ação dos ventos, torna-se um problema sério quando a vegetação natural é removida. Ocorre principalmente em áreas secas, durante períodos de pouca chuva e em locais com fortes ventos. No Brasil, a erosão eólica tem se tornado mais relevante à medida que novas áreas, com menor aptidão agrícola, são incorporadas ao processo produtivo. Isso exige maior cuidado na prevenção e controle desse tipo de erosão.


Observe as situações em que a erosão eólica ocorre com maior frequência:

• Em regiões planas, especialmente em áreas muito secas.

• Em épocas de pouca chuva.

• Em solos secos.

• Onde a vegetação natural é escassa.

• Em locais onde ocorrem ventos fortes.

No Brasil, a erosão eólica afeta principalmente o Nordeste e o Rio Grande do Sul. Atualmente, é considerada menos relevante que a erosão hídrica na maioria das condições do país. No entanto, há evidências do aumento da sua importância na região Central. A erosão hídrica é amplamente reconhecida como o principal tipo de erosão no Brasil. Ela ocorre quando o solo está desprovido de vegetação, mas pode ser prevenida e controlada com técnicas como a semeadura direta, que mantém a cobertura vegetal na superfície do solo.


A erosão eólica é responsável pela remoção das partículas soltas com diâmetros entre 0,5 e 0,1 mm. As partículas arrastadas pelo vento são geralmente finas, pois o vento faz uma seleção local, deixando para trás as frações mais grossas devido a razões mecânicas óbvias. As poeiras mais finas podem ser levadas a grandes altitudes e transportadas por longas distâncias antes de cair novamente sobre o solo, às vezes como uma precipitação de lama.


Quais são os principais tipos de erosão e seus impactos no Brasil?

A capacitação é fundamental para dominar todas as técnicas e segredos na conservação da água e do solo. O Curso Técnicas Mecânicas de Conservação de Água e Solo, oferece uma excelente oportunidade de aprendizado nessa área. Não deixe passar essa chance, invista em conhecimento e conquiste reconhecimento no mercado,  desenvolvendo um negócio promissor e rentável!

Conheça agora os Cursos na Área Meio Ambiente.

Por: Thiago de Faria

Thiago de Faria Ribeiro 05-06-2024 Meio Ambiente

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.