Dicas fáceis para cultivar mamona

O cultivo da mamoneira ou Ricinus communis L. é viável em inúmeras regiões do país, devido à rusticidade e à resistência da planta

Dicas fáceis para cultivar mamona As sementes da mamoneira produzem um óleo de excelente qualidade.

Matéria-prima de diversos produtos, inclusive do biodiesel, a mamona é uma opção de negócio bastante promissora e lucrativa para muitos proprietários rurais - principalmente porque o óleo extraído de suas sementes possui alto valor no mercado. Além disso, o cultivo da mamoneira ou Ricinus communis L. é viável em inúmeras regiões do país, devido à rusticidade e à resistência da planta. A mamona suporta climas extremos - até mesmo onde a seca predomina.

Os maiores produtores de mamona do Brasil são a Bahia e o Ceará

No mercado interno, a demanda pelo óleo de mamona é constante, mas a oferta ainda é pequena para atender à indústria química brasileira. Por isso, o Brasil vem aumentando suas importações. Mas se os produtores enxergassem o potencial da planta, o país seria um dos maiores exportadores do óleo (e não o contrário). Atualmente, os maiores produtores do país são Brasil e Ceará - alguns utilizam o sistema de consórcio de mamona com amendoim, algodão e feijão.

Atualmente, a Índia é o maior produtor de mamona do mundo

Muitos não sabem, mas o Brasil já foi o maior produtor de óleo de mamona do mundo. Com os altos custos com mão de obra, a falta de incentivo (em relação aos produtores do país) e outros fatores econômicos, a produção de mamona começou a cair drasticamente a partir da década 80 - e permanece até hoje estagnada. Enquanto os indianos produzem 2.000 quilos por hectare, os brasileiros registram apenas 300 quilos por hectare.

Muitos produtos podem apresentar mamona, até mesmo medicamentos e cosméticos

A mamoneira possui grande potencial econômico - pode produzir uma gama enorme de produtos, como vernizes, tintas, espumas, lubrificantes, graxas, vernizes e materiais plásticos. Até mesmo em medicamentos (laxantes), cosméticos (xampus e condicionadores), suplementos para animais (casca, torta e farelo de mamona) e adubos orgânicos podemos encontrar mamona - tamanha é sua riqueza em nutrientes - em especial, fósforo e nitrogênio.

Segundo Reinaldo Nunes de Oliveira, professor especialista do Curso CPT Cultivo e Processamento de Mamona, a folha da mamoneira é utilizada na indústria alimentícia, cosmética e de produtos de higiene; o caule fornece fibras para a indústria têxtil e fabricação de celulose; e a semente produz um óleo de excelente qualidade, substituto do diesel e de seus derivados.

Dicas para escolher as melhores sementes

Para iniciar a produção de mamona, adquira as sementes de produtores com registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) - de preferência, de cultivares adequadas à região de plantio. Se a colheita for feita de forma mecanizada, a mamoneira ideal é a indeiscente - ramificação lateral reduzida e porte baixo, além de não soltar as sementes quando o fruto seca.

Dicas para melhorar o potencial produtivo da planta

Embora a mamoneira seja adaptável a várias regiões e climas, para apresentar alto potencial de crescimento e boa produtividade, ela deve ser plantada onde há bastante sol - com temperaturas entre 20 e 35°C, e chuvas anuais em torno de 500 a 1.500 mm. A planta se desenvolve melhor em terrenos com boa drenagem e pH do solo entre 6 e 7. A declividade do terreno não deve ultrapassar 12%.

Dicas para espaçamento entre plantas

Em regiões secas, o espaçamento deve ser maior - reduz a concorrência entre plantas; já em regiões chuvosas, recomenda-se o mais próximo. Se a fertilidade do solo for muito boa, o espaçamento deve ser afastado, pois a mamoneira irá se desenvolver muito. Em relação ás cultivares de porte médio, o espaço entre linhas pode ser de 2 a 4 metros. Em cultivos consorciados, recomenda-se de 3 a 4 metros.

Dicas para a viabilidade da produção

Com a mão de obra cara e a falta de trabalhadores dispostos a trabalhar no cultivo de mamoneiras, recomenda-se que o pequeno produtor faça planejamento para colheita mecanizada - custos reduzidos ao longo dos plantios. Sugerimos a contratação de prestador de serviços que já atende outros agricultores da região. Dessa forma, a produção de mamonas torna-se mais viável.

Por Andréa Oliveira.

Fonte: Revista Globo Rural.

Administrador 15-06-2016 Biodiesel

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.