Centro de Produções Técnicas

Ônibus movidos a biodiesel


onibus biodiesel1 250x186 Ônibus movidos a biodiesel

O primeiro município a utilizar a ecofrota foi São Paulo.

A preocupação com o meio ambiente e com a saúde pública chegou até as frotas de ônibus nacionais. Cidades como São Paulo e Curitiba já apresentam veículos que circulam movidos a biodiesel, e no Rio de Janeiro eles começarão a trafegar dentro de dez dias.

Estudos comprovam que o biodiesel de cana-de-açúcar reduz os teores de óxidos de enxofre, monóxidos de carbono e hidrocarbonetos emitidos por automóveis. No Rio de Janeiro, capital, pelo menos 77% de tais substâncias provêm de veículos que utilizam o óleo diesel convencional.

O primeiro município a utilizar a ecofrota foi São Paulo. Desde fevereiro deste ano, circulam 1200 veículos com 20% de biocombustível adicionado ao combustível comum. A matéria-prima utilizada, nesse caso, é a soja, cultivada na agricultura familiar. Os primeiros dados divulgados mostram que a emissão de poluentes já foi reduzida em 2% no centro da cidade.

Em Curitiba, os ônibus possuem dois motores, um movido à biodiesel e outro elétrico. Este é utilizado para dar arrancada no ônibus e para gerar energia durante as frenagens. Já o primeiro funciona com velocidade superior a 20km/h. Toda vez que o freio é acionado, a energia da desaceleração é utilizada para carregar as baterias.

Texto de: Clara Peron

Você também vai gostar de ler:

Deixe seu Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas