Centro de Produções Técnicas

Exportação de biocombustível foi liberada


Projeto de lei que autoriza o Porto de Forno a exportar e importar biocombustíveis foi aprovado

porto de forno RJ1 300x225 Exportação de biocombustível foi liberada

Há uma crescente adesão da América do Norte, da União Europeia e do Japão ao uso de biocombustíveis, o que tornará o etanol e o biodiesel importantes commodities

O projeto de Lei 2454/07, do deputado Paulo César (PSD-RJ), foi aprovado pela Comissão de Minas e Energia da Câmara. O projeto autoriza o Porto de Forno, no município de Arraial do Cabo (RJ), a ser exportador e importador de biocombustíveis.

Há uma crescente adesão da América do Norte, da União Europeia e do Japão ao uso de biocombustíveis, o que tornará, em um curto espaço de tempo, o etanol e o biodiesel importantes commodities, afirma o deputado. Ele também lembrou que o Rio de Janeiro dispõe de uma concentração de recursos naturais favoráveis à instalação e ampliação de unidades de produção de biocombustíveis.

“Diante da possibilidade do aquecimento global, com impactos negativos sobre o clima, e do esgotamento das reservas convencionais de petróleo, é fundamental a construção de terminais portuários que viabilizem a importação e a exportação de biocombustíveis”, acrescentou o deputado Aluizio (PV-RJ), que foi favorável à aprovação da proposta.

O projeto depende ainda da análise das comissões de Viação e Transporte e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Por: Virgínia Maria de Araújo



Você também vai gostar de ler:


Deixe seu Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas