Centro de Produções Técnicas

EUA libera seus mercados para o etanol brasileiro


A partir do dia 1º de janeiro de 2012, o biocombustível brasileiro será vendido a preços competitivos no mercado americano

cana de a%C3%A7ucar 300x203 EUA libera seus mercados para o etanol brasileiro

Os trabalhos, nos últimos meses, foram intensificados contra os subsídio pagos às distribuidoras que fazem a mistura de etanol e gasolina

O mercado dos Estados Unidos vai se abrir para o etanol brasileiro de cana-de-açúcar. Apesar das articulações pela extensão dos subsídios para a indústria do etanol e da pesada tarifa contra o produto importado, sobressaiu a colisão formada por inúmeras empresas e entidades contrárias a esses incentivos.

A colisão intensificou, nos últimos meses, seu trabalho contra os subsídios pagos às distribuidoras que fazem a mistura de etanol e gasolina. O esforço contra a manutenção da tarifa de US$ 0,54 imposta por Washington sobre cada galão importado também aumentou. Essa tarifa impedia que o combustível brasileiro tivesse preço competitivo no mercado americano.

Marcos Janks, presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (única), afirma que “Este é o momento no qual Brasil e Estados Unidos, cujos países respondem por mais de 80% do etanol produzido no mundo, devem mostrar liderança e trabalhar juntos para criar um verdadeiro mercado global para o etanol, livre de barreiras tarifárias, a exemplo do que já acontece com o petróleo. Os dois países devem dar o exemplo, incentivando o resto do mundo a produzir e utilizar mais o etanol”.

Por: Virgínia Maria de Araújo



Você também vai gostar de ler:


Deixe seu Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas