Conheça a agricultura revitalizadora de ecossistemas

A agricultura revitalizadora de ecossistemas vislumbra todo sistema de produção agrícola como um todo - onde todas as etapas estão interligadas.

A agricultura revitalizadora de ecossistemas vislumbra o sistema de produção agrícola como um todo – onde todas as etapas estão interligadas

Conheça a agricultura revitalizadora de ecossistemas A agricultura revitalizadora de ecossistemas utiliza o potencial da natureza para a produção agrícola.

Primeiramente, vamos deixar claro que agricultura revitalizadora de ecossistemas não é agricultura orgânica, embora ambas usem o potencial da natureza para produção agrícola - sem utilização de agroquímicos. Entretanto, o sistema agroecológico utilizado na primeira alcança produtividade maior que o empregado na agricultura orgânica e, em alguns casos, na agricultura convencional.

Os resultados de produtividade são surpreendentes porque a agricultura revitalizadora de ecossistemas vislumbra o sistema de produção agrícola como um todo - onde todas as etapas estão interligadas. Preparo do solo, plantio, tratos culturais, colheita - tudo está conectado formando um sistema produtivo unificado.

Por outro lado, a agricultura tradicional encara o sistema produtivo de forma compartimentada – onde o preparo do solo é tratado de uma maneira específica, o plantio de outra, e assim por diante, até chegar à colheita. Sem falar do emprego desmedido de defensivos agrícolas e outras práticas inadequadas de manejo das lavouras – salvo exceções.

Já a agricultura orgânica funciona muito bem em pequena escala de produção, além de respeitar o meio ambiente, o homem do campo e o consumidor, pois usa produtos seguros – sem agroquímicos. Entretanto, quando o cultivo ultrapassa 50 hectares, a produtividade não é mais a mesma e a produção sofre uma queda significativa.

Com a agricultura revitalizadora, a produção pode aumentar mais de 20% em relação ao que é produzido nos parâmetros considerados normais em uma dada região. O mais interessante é que nesse sistema a planta não é adubada - basta deixar que os microrganismos presentes no solo (biota) forneçam à planta os nutrientes necessários.

Enfim, existe uma forte interdependência entre todos os seres vivos presentes em uma região - biota do solo, insetos, vertebrados e plantas nativas. Todos compartilham substâncias para o benefício e usufruto de todos no ecossistema.

Conheça o Curso a Distância CPT Agricultura Natural, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online, elaborado pelos professores Kunio Nagai - Engenheiro Agrônomo/Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Newton S. Miyasaka - especialista em Agricultura Natural, e Shiro Miyasaka - Doutor em Melhoramento de Plantas/Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Fonte: Revista Globo Rural.

 

 

Administrador 03-08-2016 Meio Ambiente

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.