Centro de Produções Técnicas

Tequila faz bebida e biocombustível


A planta Agave, que destilada produz tequila, pode ser uma alternativa na produção do combustível verde

Agave palmeri 250x200 Tequila faz bebida e biocombustível

Uma pesquisa da Universidade de Oxford indicou que o Agave pode substituir o etanol produzido pela cana-de-açúcar sem provocar grandes impactos ambientais e sociais.

Já pensou que a mesma matéria-prima que gera a famosa bebida tequila também pode ser usada como biocombustível? Se você não pensou, os pesquisadores da Universidade de Oxford já fizeram essa descoberta. A planta Agave, que destilada faz a tequila, pode ser uma alternativa na produção do combustível verde.

A planta é cultivada em solos bastante inóspitos, pois é encontrada em terras extremamente áridas e quentes, e em áreas praticamente desertas. No entanto, de acordo com os resultados da pesquisa, o Agave pode substituir o etanol produzido pela cana-de-açúcar sem provocar grandes impactos ambientais e sociais.

Segundo os estudiosos, essa inovadora matéria-prima emite 35 gramas de carbono para cada megajoule de energia liberada na produção do combustível. Comparada à formulação de etanol a partir do cultivo de milho, o Agave é mais sustentável, pois nesse caso são liberados 85 gramas de carbono para cada megajoule de energia produzida.

No Brasil, o etanol produzido com cana-de-açúcar beneficia ainda mais o meio ambiente, pois emite apenas 20 gramas de dióxido de carbono por cada megajoule. O país é privilegiado por essa matéria-prima, uma vez que em outros locais o seu cultivo ainda é bastante complicado, por fatores como água, fertilidade do solo e energia hidroelétrica para a moagem da cana.

De acordo com o engenheiro agrônomo Luiz Antônio Andrade, professor do curso Cultivo de Cana-de-açúcar, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “o Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, atendendo ao mercado interno e externo. Os estudos mostram que a produtividade média brasileira tem apresentado significativa elevação de 50% nos últimos 20 anos”.

Por esse aumento no cultivo da cana-de-açúcar, o Brasil também se destaca na produção de etanol, que passou de 500 milhões de litros para mais de 17 bilhões, e de álcool, que saltou de 3 mil para 7 mil litros produzidos por hectare.

Texto de: Ariádine Morgan

Você também vai gostar de ler:

Deixe seu Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas