Centro de Produções Técnicas

Butanol será produzido no Brasil


O butanol importado será substituído pelo bio n-butanol

cana de acucar para a produ%C3%A7%C3%A3o de butanol Butanol será produzido no Brasil

Para atingir a produção de 200 mil toneladas de bio n-butanol por ano, serão necessárias perto de 15 milhões de toneladas de cana-de-açúcar

A Rhodia, empresa de especialidades químicas, e a Cobalt Technologies, empresa norte-americana especializada em bioquímicos, pretendem fabricar butanol no Brasil a partir da biomassa do bagaço da cana. A intenção é substituir o butanol importado, utilizado nas fábricas brasileiras para produção de solventes, pelo produto renovável, chamado bio n-butanol.

A Cobalt Technologies desenvolveu uma rota bioquímica celulósica de produção do butanol renovável a partir de biomassa de cana, glicerina e cavacos de madeira, com 60% menor custo que a produção do butanol feito de derivados de petróleo.

O presidente da Rhodia Coatis, Vicente Kamel, afirmou que a localização da unidade de produção do Bio butano será revelada dentro de quatro e seis meses e, segundo ele, para atingir a produção de 200 mil toneladas de bio n-butanol por ano, serão necessárias perto de 15 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Kamel pretende atingir a meta de 200 mil toneladas até 2015.

A Rhodia também estuda a possibilidade da utilização da glicerina, resíduo formado durante a produção de biodiesel, para abastecer a refinaria de bio n-butanol durante a entressafra da cana-de-açúcar, devido ao seu baixo custo.

Em um primeiro momento, o butanol será utilizado na produção de solventes e outras especialidades químicas, mas novos desenvolvimentos poderão levar à criação de um biocombustível celulósico, acrescenta Vicente.

Por: Virgínia Maria de Araújo



Você também vai gostar de ler:


Deixe seu Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas