Centro de Produções Técnicas

Saiba mais sobre o uso da energia solar no campo


uso da energia solar no campo producao de biodiesel Saiba mais sobre o uso da energia solar no campo

O uso da energia solar no campo aumenta a renda familiar e reduz os custos com produção

Segundo Rodrigo Sauaia, presidente-executivo da Absolar – Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, o homem do campo descobriu a importância da energia solar fotovoltaica. Agora, além de suprir as áreas urbanas com o produto das lavouras, o agricultor aumenta a renda familiar e reduz seus custos com a produção, gerando energia elétrica para o abastecimento das áreas urbanas.

No estado de Goiás, há açudes que usam energia fotovoltaica flutuante. Em Minas Gerais, projetos de irrigação com energia solar estão em andamento. Já no Nordeste, a indústria de sorvestes é alimentada pela energia do sol. Além de mais barata, a energia solar é limpa e inesgotável. Hoje, o agricultor pode irrigar sua lavoura com energia vinda do sol, sem o uso de combustível fóssil e com eficiência.

O governo tem incentivado o uso de energia solar no campo por meio das linhas de financiamento, para que os produtores rurais possam instalar o sistema em suas propriedades. No Paraná, por exemplo, pecuaristas leiteiros refrigeram leite com energia solar, graças ao Pronaf – Programa Nacional de Fortalecimento de Agricultura Familiar. Os juros são relativamente baixos e variam entre 2,5% a 5,5% ao ano.

Para as pessoas físicas e jurídicas, a instalação de sistemas de energia solar é facilitada com as linhas de crédito no Programa Fundo Clima. O financiamento pode chegar a R$ 30 milhões por beneficiário (a cada 365 dias). O custo é de 0,1% ao ano, para renda de até R$ 90 milhões ao ano, com remuneração do BNDES de 0,9% ao ano. Acima desse valor, o percentual do custo é o mesmo, mas a remuneração do Banco Nacional do Desenvolvimento passa para 1,4% ao ano.

A redução de custos para a instalação de um sistema de energia fotovoltaica atrai cada vez mais consumidores. Na última década, a energia solar tornou-se 60 a 80% mais barata. Isso tem permitido que muitas regiões do Brasil gerem energia solar em sua própria casa ou propriedade. Além de benéfica ao meio ambiente, o uso da energia solar no campo (ou na cidade) traz maior economia ao consumidor.

No início de 2017, foram gerados 90 megawatts de energia solar fotovoltaica, com aumento para 1.145 megawatts no fim do ano. Para 2018, espera-se um aumento de aproximadamente 2.400 megawatts, mais do que o dobro gerado o ano passado. Se as estimativas estiverem certas, o Brasil tomará uma posição mais elevada no ranking mundial da energia solar fotovoltaica.

Conheça o Curso a Distância CPT Energia Solar para o Meio Rural em Livro+DVD e Online.

Confira os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Energia Alternativa.

Fonte: beefpoint.com.br


Você também vai gostar de ler:


Deixe seu Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas