Centro de Produções Técnicas

Pesquisas promoverão desenvolvimento de biocombustíveis para a aviação


Um centro de pesquisas baseado no modelo dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs), da FAPESP, será contruído no estado de São Paulo

avia%C3%A7%C3%A3o Pesquisas promoverão desenvolvimento de biocombustíveis para a aviação

Será feito um levantamento das possibilidades e dos desafios sociais, econômicos, científicos e tecnológicos para o desenvolvimentos de um biocombustível para a aviação

Fapesp, Boeing e Embraer assinaram na quarta-feira, 26 de outubro, em São Paulo, uma carta de intenção para a colaboração em pesquisa e desenvolvimento de biocombustíveis para a aviação comercial. De acordo com a conselheira da FAPESP, Suely Vilela, ao estabelecer uma parceria com a Boeing e a Embraer, “a FAPESP busca incrementar e promover uma participação ativa de empresas de alta tecnologia na pesquisa científica desenvolvida no estado de São Paulo”.

A colaboração prevê a construção de um centro de pesquisas para o desenvolvimento de biocombustíveis sustentáveis para a aviação, baseado no modelo dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs), da FAPESP. De início será feito um levantamento das possibilidades e dos desafios sociais, econômicos, científicos e tecnológicos para o desenvolvimentos de um biocombustível para a aviação. Além disso, serão definidos os tipos de investimentos que deverão ser aplicados pelos participantes do projeto.

Workshops públicos serão realizados em 2012 a fim de coletar dados que serão fornecidos por diferentes integrantes da cadeia produtiva de biocombustíveis e por um Conselho Consultivo Estratégico. Ele será composto por empresas aéreas, produtores e fornecedores de combustível, pesquisadores e representantes do governo, entre outros.

O projeto usará as pesquisas já realizadas na área de biocombustíveis e visa, também, promover o progresso de pesquisas na área de bioenergia, como biocombustíveis produzidos por diferentes espécies. Para isso, serão usadas cinco abordagens: o melhoramento de cultivares para a produção de biomassa de cana e de outras plantas; pesquisas sobre os processos de produção de bioetanol e de outros compostos de interesse da indútria; aplicações de etanol para motoresautomotivos; biorrefinarias e alcoolquímica; e pesquisas sobre impactos sociais, econômicos e ambientais do uso e da produção de biocombustíveis.

Foi estabelecido pela Associação de Transporte Aéreo Internacional que as companhias do setor devem interromper o crescimento da emissão de carbono até 2020 e reduzir em até 50% as emissões de CO2 até 2050, em comparação aos níveis de 2005.

Por: Virgínia Maria de Araújo



Você também vai gostar de ler:


Deixe seu Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas