Centro de Produções Técnicas

Macaúba apresenta grande potencial para produzir biodiesel


macauba para produzir biodiesel producao de biodiesel Macaúba apresenta grande potencial para produzir biodiesel

A macaúba é uma planta nativa brasileira, com grande potencial para produção de biodiesel

“Conhecida por nomes populares como bocaiúva, mucajá e, principalmente, macaúba, a Acrocomia aculeata é uma planta nativa brasileira, com grande potencial para extração de óleo vegetal destinado à produção de biodiesel”, afirma Luiz Ângelo Mirisola Filho, professor do Curso a Distância CPT Cultivo e Processamento de Coco Macaúba para Produção de Biodiesel em Livro+DVD e Online.

Encontrada, em sua maior parte, em Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a macaúba apresenta alto teor de óleo, cuja maior concentração está na polpa (60%), com potencial produtivo de mais de 4 toneladas de óleo por hectare. Na polpa, está o ácido oleico (53%) utilizado na fabricação de biodiesel. Semelhante ao dendê, os frutos de macaúba devem seguir para processamento tão logo sejam colhidos, pois sua acidez aumenta com a degradação.

Do processamento da amêndoa e da polpa de macaúba surge a torta, utilizada em rações para animais, por apresentar excelente qualidade nutricional, além de ótima palatabilidade. Outro subproduto resultante do processo de produção de biodiesel, tendo a macaúba como matéria-prima, é o carvão vegetal. Este é produzido com a casca da amêndoa, pois ela apresenta alto potencial de queima.

Não é mera coincidência que a Embrapa Agroenergia coordena projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação concernentes à macaúba. Financiado pelo Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com a parceria da Embrapa Cerrados, um dos projetos tem mapeado os maciços nativos de macaúba em Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal. O objetivo é fazer o levantamento do potencial produtivo da Acrocomia aculeata nessas regiões.

Entretanto, para a viabilidade econômica do biodiesel de macaúba, é preciso utilizar outras oleaginosas – como mamona, girassol, algodão e soja, além do sebo bovino. Dessa forma, a usina estará apta a produzir biodiel, por, pelo menos, onze meses ao ano. A exigência da associação dessas fontes de óleo e gordura ao óleo de macaúba tem um motivo: a colheita dos frutos de macaúba é limitada, o que pode encarecer o processo.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Biocombustíveis.

Fonte: grupocultivar.com.br


Você também vai gostar de ler:


Deixe seu Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas