Centro de Produções Técnicas

Arquivo de abril, 2017


Na gaseificação a leito fluidizado para resíduos sólidos urbanos, o lixo é triturado para, posteriormente, passar por reações termoquímicas

energia do lixo producao de biodiesel Inovação tecnológica   geração de energia do lixo

Até 25% da energia elétrica das residências brasileiras pode ser atendida pela energia dos lixos urbanos.

Sim, é possível gerar energia do lixo graças à inovação tecnológica totalmente nacional. Trata-se da gaseificação a leito fluidizado para resíduos sólidos urbanos, na qual o lixo é triturado para, posteriormente, passar por reações termoquímicas. No processo, os resíduos triturados permanecem dispersos em um leito constituído de partículas inertes, que produzem gases combustíveis não poluentes. Isso porque são produzidos em um sistema hermético, que impede sua emissão à atmosfera terrestre.

 

O bagaço de cana-de-açúcar ganhou a liderança no ranking nacional de produção de energia de biomassa, com uma porcentagem de 42%

biomassa de cana producao de biodiesel Geração de energia da queima de biomassa aumenta mais de 30%

O potencial produtivo da queima de biomassa da cana chegou a 316 MW médios.

Biomassa refere-se a toda matéria orgânica produzida em uma determinada área, capaz de produzir energia quando queimada em usinas. As principais fontes são os resíduos agrícolas, como bagaço de cana-de açúcar, e o esterco de currais, pocilgas e granjas. Trata-se de uma energia renovável e sustentável, pois gera baixo impacto no meio ambiente. Graças à produção de energia da queima de biomassa, é possível reduzir o aquecimento global, o que é extremamente benéfico ao Planeta.

 

Cursos de Agroindústria

CPT - Centro de Produções Técnicas

Quer Facilidade?

Ligamos para você!


Cursos de Meio Ambiente

CPT - Centro de Produções Técnicas